29 de novembro de 2021





NOTÍCIAS - Notícias



18 de novembro de 2021

Indústria de máquinas agrícolas comemora desempenho em 2021

Entidades do setor projetam alta de até 60% nas vendas até o final do ano, mesmo com problema na oferta de peças e matérias-primas


Capitalizados e focados na busca de melhores resultados na lavoura, os produtores rurais mantêm em ritmo acelerado as vendas de máquinas e implementos agrícolas.

De acordo com o vice-presidente regional do Rio Grande do Sul da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), Hernane Cauduro, o setor espera encerrar o ano com um crescimento superior a 40% nos negócios no país em relação a 2020.

 

A expansão das áreas de cultivo de soja, decorrente dos bons preços atingidos pelo grão, contribui para esse desempenho, avalia o empresário.

Com a perspectiva de uma safra recorde, a indústria já projeta um avanço de 10% para o próximo ano. “Partindo de uma base que vai ser forte, é algo relevante”, diz Cauduro.

 

Entre os itens de maior demanda, o empresário destaca tratores e estruturas de estocagem, como silos e armazéns. “O agricultor está investindo, está entendendo que precisa ter capacidade para armazenar a safra e esperar o preço melhor para negociar (a colheita)”, afirma.

 

Para o Rio Grande do Sul, o presidente do Sindicato das Indústrias de Máquinas e Implementos Agrícolas no Estado (Simers), Cláudio Bier, estima um incremento de 60% nas vendas deste ano ante o desempenho de 2020.

 

Segundo o executivo, o salto só não foi maior porque o setor ainda enfrenta problemas na oferta de componentes industriais e matérias-primas como o aço. “(No aço), a situação já melhorou, mas nos componentes eletrônicos ainda estamos com uma dificuldade muito grande”, observa.

 

A expectativa é que a demanda continue em alta, o que significa prazos esticados para a entrega dos pedidos. “As empresas estão vendendo para entrega em janeiro, fevereiro”, diz Bier.

 

Com unidade industrial em Dois Irmãos, a subsidiária brasileira da Mahindra contabilizou um salto de 97% em seus negócios de janeiro a setembro deste ano na comparação com o mesmo período de 2020, puxado pelas vendas de tratores na faixa de potência entre 70 cv e 80 cv.

 

No mercado gaúcho, a expansão foi de 133% no período, diz o diretor-geral de operações da empresa no Brasil, Jak Torretta Junior. Uma das razões para o desempenho foi a ampliação da rede de concessionárias da marca. “Temos 50 pontos de venda pelo país, concentrados na região Sul. E a gente vê uma adequação muito boa do nosso produto”, diz.

 

 

Fonte: Correio do Povo



ACONTECE
Setor de transporte ultrapassa desenvolvimento nacional e transportadoras aproveitam o cenário

Apesar da instabilidade gerada pela pandemia, o segmento cresceu 1,3% no primeiro trimestre de 2021

MERCADO
Empresários apostam na Black Friday para reaquecer economia

De acordo com dados da Behup, 47% dos consumidores pretendem aproveitar as promoções após esse ano de pandemia

ACONTECE
Transporte rodoviário de cargas supera 90 mil vagas em 21

Contratações superiores às demissões são confirmadas pelo Painel CNT do Emprego no Transporte

MERCADO
CCJ aprova proposta que prorroga desoneração da folha de pagamento até 2023

Para a CNT, sem a prorrogação, haverá mais desemprego ou mais inflação









ABR - 11 99299-4340

PARA ANUNCIAR:
Total Live / Comunicação e Live Marketing
comercial@totallive.com.br
11 4979-4447 / 11 9.8565-5252


© Copyright 2021 - Todo os direitos reservados
ABR - Associação Brasileira do Segmento de Reforma de Pneus